Não se atemorizem, mas sede sóbrios

Não se atemorizem, mas sede sóbrios

"Portanto, Faraó previna-se agora de um homem entendido e sábio, e o ponha sobre a terra do Egito." Gênesis 41:33

José após interpretar o sonho de faraó prontamente deu um conselho a ele: que colocasse um homem sábio sobre a terra do Egito a fim de administrá-la com prudência. E a resposta de faraó é a mesma que hoje se dá acerca de ti, servo e serva do Senhor:

"E disse Faraó a seus servos: Acharíamos um homem como este em quem haja o espírito de Deus?".
Gênesis 41:38

E pôs José sobre toda a sua casa, a terra do Egito. Mas José não disse: "confio no Senhor, Ele providenciará tudo" e ficou de braços cruzados; De fato ele confiava no Senhor e é por isso que ele sabia que a providência já havia vindo na revelação da Palavra da sabedoria à ele dispensada na interpretação do sonho de Faraó. Agora cabia agir prudentemente. Era uma mensagem clara de que deveriam ajuntar a comida que sobejava durante os 7 anos de fartura, para que nos outros sete anos não apenas se alimentassem dela, como suprissem Israel e as demais nações que vinham ao Egito buscar alimento (esta parte eles descobririam depois quando o Senhor trouxesse os famintos, e o Egito repartisse a sua prosperidade). 

E quanto mais repartiam, mas prósperos ficavam, pois tinham alimentos para consumir e vender. Quanto a hoje, o Senhor nos supre e diz para dar de graça o que recebemos de graça. Comprar sem dinheiro e sem preço o que Ele nos dá de graça. Administraremos com sabedoria sendo fiel no pouco para sermos postos sobre o muito no Reino de Cristo, ou pisaremos na graça que nos foi concedida? 

Não se espera que criemos celeiros literais hoje para ajuntar comida, mas hoje nós também temos o Espírito de Deus como José, e espera-se que a nossa fé não seja morta sem obras. Espera-se que possamos ver as escrituras se revelando, e reconhecê-lo em todo nosso caminho, exercendo o chamado com sabedoria para administrar nossos recursos, a fim de não sermos pegos de surpresa. 

"O que foi tornará a ser, o que foi feito se fará novamente; não há nada novo debaixo do sol." Eclesiastes 1:9