Consagração não é um rito, é uma decisão.

Devemos andar coerentes com a Palavra que testificamos

Consagração não é um rito, é uma decisão.
"Todos os caminhos do homem parecem certos aos seus olhos, mas o SENHOR julga as verdadeiras motivações do coração. Consagra ao SENHOR todas as tuas obras e os teus planos serão bem-sucedidos."
Provérbios 16: 2-3

Consagração é antes de tudo um processo de decisão consciente, não emocional e contínuo, que por consequência trás oposição à sua própria vontade. Consagrar ao Senhor, ao contrário do que muitos pensam, não é uma atitude ritualística de entregar algo ou alguém por meio de uma oração ao Senhor. É mais sério e profundo do que simples declarações de lábios. A exemplo disso, alguns consagram a sua casa ao Senhor, orando e entregando-lhe os bens por meio de palavras. É errado isto? De maneira nenhuma, mas se não houver consciência e compreensão do real significado da consagração, será apenas um rito e mais nada, pois provações que se findam em reprovações, revelam a nossa hipocrisia perante o Pai.

Consagração redunda em uma completa entrega. Ela é a coerência do primeiro mandamento.  

Se eu consagro a minha casa ao Senhor, como poderei permitir que coisas que desagradam ao Senhor aconteçam frequentemente nela, tendo eu o poder de administrá-la? Da mesma maneira, a nossa casa espiritual deve manter-se limpa, pois foi consagrada ao Senhor. Este é o desafio de todos os dias.

Sabemos que somos reprovados em muitas situações, mas o Senhor não julga como os homens, Ele não está olhando para isso. Ele vê as intenções dos corações.

Não posso contaminar o meu interior e alimentar em mim coisas que desagradam a Deus, mas se tenho meu interior limpo, por mais que eu caia em erro, logo reprovo-me e arrependo-me deixando o erro para trás, porém levantando e prosseguindo com a experiência. Não jogo a experiência fora, mas ela ajudará a mim mesmo e a outros a amadurecer.

Consagrar, mais do que proferir um desejo, é trabalhar para que o seu mordomado dê honra ao seu Senhor. A paz que excede o entendimento lhe dê um dia de bênçãos e consagração.